Rock in Rio – Emoção & Nostalgia
por Fabiane Pereira

21.09.2015

Piano Elton John

O piano de Sir Elton John esperando seu momento no backstage

Foi ÉPICO!! Não tenho outra palavra pra descrever o que assisti, in loco, neste terceiro dia de Rock in Rio. Pra começar, o calor infernal resolveu dar uma trégua e a temperatura ficou elegante, o que já favorece muito. Depois, ver uma plateia jovem (média de 30 anos) cantar e dançar animadamente com os sessentões Pepeu Gomes, Baby do Brasil, Elton John e Rod Stewart não tem preço.

 

Quem abriu os shows neste domingão foi a novata Alice Caymmi que junto com Elmir Deodato fez bonito. Após a apresentação da neta de Dorival, um dos shows mais aguardados de todo festival e um dos mais emocionantes que assisti em toda minha pouca existência: o encontro histórico de Pepeu Gomes e sua ex-mulher, Baby do Brasil, 27 anos depois, ao lado do filho do casal, Pedro Baby.

 

Conheço o Pedro e sei o quanto ele quis que este encontro acontecesse e ver os três no palco me fez chorar. Mas quem estava visivelmente emocionado foi Pepeu que entrou na terceira música conduzido pelas mãos de Pedro aos prantos. Foi linnnnnndo! Pra quem não sabe, Pepeu e Baby foram atrações do primeiro festival em 1985 e a voz feminina dos Novos Baianos estava grávida de Pedro. Dá pra imaginar a emoção deste reencontro??

 

Hit seguido de hit. As guitarras mais poderosas do mainstream nacional e um público completamente entregue àquele momento. No backstage do palco Sunset, bati um papo super afetivo e emocionado com a Baby. Dá uma olhada (e aumenta o som!):

 

Após este showzaço, foi a vez da banda Magic animar o público. O quarteto, suuuper simpático, enfileirou hits radiofônicos e pôs a Cidade do Rock para dançar. Até o megahit Girls just wanna have fun entrou no set list. O primeiro show do palco Mundo foi da banda Paralamas do Sucesso e o que vimos foi um sucesso atrás do outro, afinal, Herbert, Barone e Bi são veteranos no festival e sabem levantar a galera como poucos. Encerrando o Sunset, todo o romantismo de John Legend.

 

Neste momento, o estande do Submarino, completamente lotado, promovia batalhas musicais e atividades dançantes para a turma que queria dar uma 'arejada' entre um show e outro.

 

Guitarras Rod Stewart

 

No Mundo, Seal cantou e encantou deixando o público ainda mais animado para a penúltima atração da noite: o veterano britânico Elton John. Inspiradíssimo, o artista com mais de 50 anos de carreira cantou todos os seus hits (aqueles lá dos anos 70) e fez o público cantar junto. Com um terno azul com brilhantes, Elton brilhava (trocadilho infame!) nos momentos sozinho ao piano. Já Rod Stewart, atração principal da noite, além de trocar de figurino três vezes, quase batendo o recorde do Adam Lambert, fez a alegria do público ao cantar It's a heartache, Tonight's the night, I don’t wanna talk about it e You're in my heart.

 

Ainda faltam quatro shows e muita música pela frente. Que venham: Hollywood Vampires (Salve Johnny Depp!), Sam Smith, Rihanna, A-ha, Katy Perry e muito mais!!

Tudo a ver com

Loja Oficial do Rock in Rio