É Carnaval! Carnavalize-se!
Fabiane Pereira

04.02.2016

Fonte: http://arevistadamulher.com.br/carnaval

Bloco 'Desliga da Justiça', que já saiu antes do Carnaval. Só super-herói do dia a dia.

Enfim, os dias mais purpurinados do ano chegaram e com eles, além de muito brilho, aquela sensação de que todos os problemas serão adiados, que todos os amores serão possíveis e que todx colombina/pierrô tem um lindx (e interessante) arlequim/bailarina procurando por elx. Ahhh, o Carnaval!!

 

Embora, de modo geral, o brasileiro não precise de desculpa nem de lugar para cair na folia, é nesta época do ano que uma multidão toma as ruas das grandes e pequenas cidades, país afora, para fazer um dos maiores espetáculos (profanos) da terra, sem ingresso, sem pulseira VIP, sem lista de convidados, sem palco, sem plateia e, acreditem, tudo funciona em harmonia, 24h, durante quatro dias ininterruptos.

 

Importante dizer que falo do Carnaval de rua carioca e não do Carnaval na Marquês de Sapucaí, o Sambódromo. Li recentemente, no texto de uma amiga, que "não existe não gostar do carnaval de rua do Rio; existe não saber a quais blocos ir durante o carnaval de rua do Rio". Diante desta verdade absoluta, eu podia parar por aqui.

 

Mas como foliã de carteirinha – sou daquelas que faz lista dos 'melhores blocos', pensa nas fantasias com antecedência, bate perna na Saara, cria grupo no whatsapp e compartilha os detalhes com os amigos –, acho necessário dar algumas dicas:

 

> Beba água. Sei que purpurina e calor pedem cerveja gelada, mas não é fácil achar no meio dos blocos, então reveze: pra cada duas latinhas de cerveja, uma garrafinha d'água. Você vai aproveitar muito mais e não terá ressaca no dia seguinte.

 

> Acorde cedo. Sei que é dureza madrugar e se fantasiar pra estar nas ladeiras Santa Teresa ou no centro da cidade às 7h, mas vale (muito) a pena. Então durma cedo e aproveite bem o dia.

 

> Se alimente. Você não terá fome durante a festa momesca (cevada contém glúten), mas mesmo assim coma. Evitará muitos contratempos.

 

> Beije muiiito. Provavelmente serão os primeiros e os últimos beijos que você dará na criatura, então, aproveite. Mas se o encontrar em outro bloco no dia seguinte, não cobre nada. Se rolar de novo, ótimo! Beije mais. Senão, beije outro.

 

> Não seja do contra, fantasie-se. Canja de galinha e glitter não fazem mal a ninguém. E uma fantasia leve e criativa já é meio caminho andado pra dica anterior ser bem-sucedida.

 

> Leve uma grana extra na meia, na calcinha, na cueca, no sutiã, em qualquer lugar seguro, mas não saia de casa sem ela. Quanto mais álcool, mais rico ficamos, e sabendo que é impossível o taxista saber o quão milionários somos, ele cobrará pela corrida (e durante o Carnaval é mais caro rsrs).

 

> O mundo não acabará na quarta-feira então, carnavalize-se sem moderação, mas com responsabilidade.

 

E finalmente, USE CAMISINHA!

 

Boa folia, o Momo nos espera!

Tudo a ver com

Liquidação de Carnaval é no Submarino