Bem-vindo à Bienal do Livro Rio 2015!
por Fabiane Pereira

04.09.2015

Submarino e Fabiane na Bienal

Fabiane Pereira entrevistando Bernardo Obadia e Mariana Rolier na Bienal do Livro Rio

Por volta das duas da tarde, cheguei ao Pavilhão Azul, local onde encontra-se o estande do Submarino. Sabe criança em parque de diversão?? Então... esta foi a minha sensação ao adentrar pelo enooorme pavilhão - a área de exibição teve um aumento significativo se comparada ao evento de 2013 - e me deparar com dezenas de estandes interativos, informativos e, o mais importante, promovendo um dos maiores bens culturais da humanidade: LIVROS.

 

Minha primeira (e valiosa) dica: pegue o GUIA DE PROGRAMAÇÃO da Bienal, sente-se por alguns minutos e organize-se de modo a visitar tudo o que deseja. Neste material há dicas preciosas que podem facilitar (muito) sua visita na bienal e lhe informar, entre outras coisas, que há uma promoção de reembolso em que na compra de mercadorias no mesmo estande, com valor igual ou superior a R$ 80, o cliente terá direito ao reembolso do valor equivalente ao pago pelo seu ingresso (inteira: R$16 ou meia: R$8), mediante apresentação dele no ato da compra. Legal, né?

 

Segunda (e imperdível) dica: o estande do Submarino é uma graaaaça! Mesmo! Pode confiar (e vá conferir, claro!). Um espaço amplo, com vários jogos interativos, promotores super simpáticos e bem informados prontos para atenderem a quaisquer dúvidas, além de uma arquibancada super charmosa para receber um público interessado em conhecer melhor autores e personalidades literárias através dos bate-papos que vão rolar durante toda a Bienal do Livro. (veja aqui programação completa aqui)

 

Abrindo os trabalhos, o papo começou com a turma da editora Dark Side: Bruno Dorigatti, editor assistente e Raquel Moritz, responsável pelo marketing digital. A pauta girou em torno deste universo sombrio da literatura fantástica e dos lançamentos mais recentes desta editora que, apesar de estar há apenas três anos no mercado, já lançou vários títulos e até o final deste ano colocará outros seis nas prateleiras das melhores livrarias físicas e digitais. Com uma plateia bastante participativa, começamos esta maratona literária com o pé direito.

 

Na sequência, conversei com Bernardo Obadia, sócio da BookStart, primeira plataforma de crowdfunding literário do Brasil e com Mariana Rolier, editora executiva da Fábrica 231 (selo pop da editora Rocco). Falamos sobre as vantagens e desvantagens do modelo de negócio tradicional, sobre novos caminhos editoriais, sobre os vários nichos literários e as diferentes formas de se divulgar um produto que é cada vez mais elaborado, o livro. Ambos deram dicas para facilitar o caminho de quem quer estrear neste mercado. Uma curiosidade: A Fábrica 231 teve o nome inspirado no famoso estúdio do artista Andy Warhol, o The Factory, que ficava instalado no número 231 da East 47th Street, de Nova York e a Editora Rocco está localizada no número 231 da Avenida Presidente Wilson, no Rio. Sinergia pura!!!

 

Vale lembrar que a Bienal do Livro é o maior evento literário do país e um grande encontro que tem o livro como astro principal. Há diversas atividades para todas as idades e, nesta terça, vou conversar com a Larissa Helena do selo Fantástica Rocco, com a autora Eddie Van Feu sobre HooDoo, uma prática mágica muito interessante, e com o escritor André Gordirro, autor do livro Os Portões do Inferno.

 

Eu e o Submarino esperamos sua visita. ;-)

Tudo a ver com

Bienal no Submarino