5 mulheres que podem dar ouro pro Brasil
por Fabiane Pereira

01.08.2016

Medalha de ouro

Aqui no Rio, só se fala disso - embora seja bem verdade que "só se fala disso" tanto pro bem quanto pro mal. Mas, às vésperas das Olimpíadas, só nos resta torcer muiiiiiito pros atletas brasileiros afinal são pessoas que dedicam a vida ao esporte e vários deles tornam-se exemplos para milhares de crianças desprovidas de "cuidado" do Estado.

 

Ser cidade-sede dos Jogos Olímpicos tem mexido com a vida dos cariocas - ratifico: tanto pro bem, quanto pro mal. A Orla, a Lagoa e vários pontos da zona oeste se transformarão em palcos onde vão desfilar os mais preparados atletas do mundo. O Rio, que já está acostumado com os olhos do mundo voltados para si - a beleza da cidade é exuberante -, está preparando uma grande festa e tenho certeza (torço por isso) que os turistas e todas as delegações voltarão pra seus países encantados.

 

Ver nossos atletas disputar uma competição deste porte em casa é contagiante.  Então pra fomentar ainda mais o espírito olímpico, apresento pra vocês CINCO minas com grandes chances de conquistar medalhas de ouro pro Brasil. Vamos a elas:

 

--> Larissa França (vôlei de praia)

Larissa França

 

 

A atleta paraense começou jogando vôlei de praia em Fortaleza e apareceu no cenário nacional treinando e competindo pela capital cearense. Após um intervalo na carreira logo depois das Olimpíadas de Londres, Larissa retorna ao cenário internacional com sua nova parceira, Talita, em busca de um bom resultado nos Jogos do Rio. Garra, confiança e esforço não lhe faltam. A dupla, Larissa e Talita, chega aos Jogos como uma das principais candidatas ao ouro.

 

--> Jaqueline (integrante da seleção brasileira de vôlei) 

Jaqueline do Vôlei

 

 

De volta às quadras após ser mãe, Jaqueline se prepara para o tricampeonato olímpico no Rio de Janeiro. Jaque é uma das principais jogadoras de vôlei do país e esteve com a seleção brasileira nas conquistas das Olimpíadas de 2008, em Pequim (China) e de 2012, em Londres (Inglaterra). Além disso, a bela é tricampeã do Grand Prix de voleibol feminino, levando os títulos de 2005, 2006 e 2008. Bate ou não bate um bolão?

 

--> Sarah Menezes

Sarah Menezes

 

 

A atleta piauiense chegou a Londres entre as promessas de pódio. Na ocasião, aos 22 anos, Sarah venceu por wazari a então campeã dos Jogos, a romena Alina Dumitru, e faturou o ouro. Repetiu o feito dos mestres Aurélio Miguel (Seul-1988) e Rogério Sampaio (Barcelona-1992) e quebrou um jejum de uma década do Brasil fora do topo do pódio nos Jogos. Com a conquista, a judoca se tornou líder do ranking e busca o bicampeonato no Rio. Dá-lheeee!!!

 

--> Poliana Okimoto

Poliana Okimoto

 

 

A maratonista aquática nada desde os 2 anos de idade e começou a competir com sete (nesta idade eu mal sabia meu próprio nome). Medalhista na Copa do Mundo e em Jogos Panamericanos, Poliana quer a única condecoração que falta em sua bem sucedida carreira - nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, a atleta chegou em 7º lugar e em Londres (2012) foi desqualificada. A preparação é dura e a maratonista chega a nadar 20Km por dia em águas abertas (só de escrever, cansa). Com tanto esforço e dedicação só me resta torcer muiiiiito pra que Poliana realize seu sonho e traga um ouro pro Brasil.

 

--> Fabiana Murer

Fabiana Murer

 

 

Minha quase xará é um dos principais nomes do atletismo brasileiro. A atleta é campeã mundial, recordista brasileira e sul americana do salto com vara (4,85 m). Considerada uma das saltadoras mais técnicas do circuito internacional, tem grandes chances de conquistar seu primeiro ouro olímpico. Dedos cruzados!

Tudo a ver com

Atleta Wannabe